Paróquia Santa Maria de Galegos

Paróquia Santa Maria de Galegos

DIGITE AQUI O SEU EMAIL E RECEBA NOTICIAS

ANO PASTORAL

ANO PASTORAL

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Portugal: Igreja convida sociedade a refletir sobre «o objetivo da criação, relações sociais e humanas»

Semana da Vida 2016 decorre até 22 de maio

Lisboa, 18 mai 2016 (Ecclesia) – A Igreja Católica está a celebrar a ‘Semana da Vida’, até este domingo, centrada na ecologia integral com o tema ‘Cuidar da vida – a Terra é a nossa casa’ que pretende alertar consciências para “a urgência da situação histórica”.
Elsa Irédio, do Departamento Nacional da Pastoral Familiar, explica à Agência ECCLESIA que no guião, que pode ser descarregado na internet, se apresentam “ações concretas” para cada dia da ‘Semana da Vida’ como propor à família que reflita, “em conjunto, sobre o objetivo da criação”, sobre a natureza, “sobre as relações sociais e humanas”.
A entrevistada assinala que também sugerem “alguns gestos concretos” como o “ter cuidado com o desperdício”, com a reciclagem, o “partilhar” com pessoas mais necessitadas “não só o que têm a mais mas também o que os outros precisam”, a “contemplação da natureza, exercitar a gratidão e o perdão”.
No âmbito do Mês de Maria, o departamento da Comissão Episcopal Laicado e Família sugere também a recitação dos mistérios (oração do Terço) que estão relacionados com a Laudato Sí.
Já Ricardo Irédio, também do Departamento Nacional da Pastoral Familiar, destaca que a proposta para a ‘Semana da Vida’ destina-se primeiro às famílias mas “o objetivo é que todas as comunidades possam vivenciar” esses subsídios.
“A noção é termos consciência da integralidade, o que eu faço afeta o mundo. Se todos pensarmos assim vamos ter melhorias da qualidade de vida de todos os homens”, observa, sobre o propósito de “suscitar a consciência em diversos âmbitos onde cada um de nós pode fazer a diferença”.
O guião da ‘Semana da Vida’, disponível no sítio online da Comissão Episcopal Laicado e Família, tem sugestões para a Eucaristia dominical, com preces para a Oração Universal; a meditação dos Mistérios do Rosário; a Oração cristã com a criação, do Papa Francisco e um guia de leitura da ‘Laudato Si’, bem como festas da vida, da família, bênção de grávidas e dos doentes.
Segundo Ricardo Irédio, no cartaz procurou-se que a cor e a imagem fossem apelativas e na elaboração do guião linguagem “acessível a todas as faixas etárias”: “De alguma forma pretendemos que esta voz chegue a todo o lado e tentamos ampliar a mensagem desta forma.”
O lema da ‘Semana da Vida’ 2016 - ‘Cuidar da vida – a Terra é a nossa casa’ - foi baseado na Encíclica do Papa Francisco ‘Laudato Sí’ porque “fala sobre a vida em todos os âmbitos”.
Elsa Irédio comenta que o Papa refere-se a uma “ecologia integral”, não só ambiental mas uma ecologia “sobre a integridade humana” associando o “social”.
“A vida passa não só pela humana mas toda a criação, natureza, problemas sociais, económico e ambiental”, acrescenta, frisando que a vida ao trespassar todos os âmbitos a família, muito concretamente, tem “um papel fundamental” porque é onde transmite-se a fé, “os valores essenciais”.
Ricardo Irédio reforça que o homem está alertado “há muito tempo” para a necessidade de “cuidar” do planeta e Francisco, na ‘Laudato Sí’, “realça” que “o planeta é criação de Deus” e reforça da responsabilidade de cada pessoa “nas suas ações” no desenvolvimento da “qualidade de vida humana”.
A ‘Semana da Vida’ surgiu quando a Conferência Episcopal Portuguesa “mandatou” a Comissão Episcopal do Laicado e da Família dessa responsabilidade numa resposta ao convite que o Papa São João Paulo II fez na Carta Encíclica ‘Evangelium vitae’ (Evangelho da Vida) sobre “o valor e a inviolabilidade da vida humana”, de 25 de março de 1995.

Sem comentários :

Enviar um comentário

DEIXE O SEU PARECER!.....